quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Keane - We Might As Well Be Strangers

...

ESPERA

«Horas, horas sem fim,
pesadas, fundas,
esperarei por ti 
até que todas as coisas sejam mudas.

Até que uma pedra irrompa
e floresça.
Até que um pássaro me saia da garganta
e no silêncio desapareça.»



EUGÉNIO DE ANDRADE, in “As Mãos e os Frutos”

***
















«Se me ponho a cismar em outras eras
Em que ri e cantei, em que era querida,
Parece-me que foi noutras esferas,
Parece-me que foi numa outra vida...

E a minha triste boca dolorida,
Que dantes tinha o rir das primaveras,
Esbate as linhas graves e severas
E cai num abandono de esquecida!

E fico, pensativa, olhando o vago...
Toma a brandura plácida dum lago
O meu rosto de monja de marfim...

E as lágrimas que choro, branca e calma,
Ninguém as vê brotar dentro da alma!
Ninguém as vê cair dentro de mim!»

domingo, 23 de janeiro de 2011

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

e esquecer?

"...O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado..."

«Searching for a place to belong»

Porque há dias em que não devíamos sair da cama, muito menos de casa. Porque há pessoas que não têm nenhum tipo de companheirismo, solidariedade e sentido de bom senso. Porque estou farta de injustiças. Porque a menstruação dá cabo dos meus nervos. Porque a minha memória está constantemente a trair-me (estúpida!). Porque hoje não era o dia indicado para estar aqui.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

domingo, 16 de janeiro de 2011

«dream , for everything u want»


«La vie avait continué après, la vie continue toujours. Elle te donne des raisons de pleurer et des raisons de rire. C'est une personne, la vie, une personne qu'il faut prendre comme partenaire. Entrer dans sa valse, dans ses tourbillons, parfois elle te fait boire la tasse et tu crois que tu vas mourir et puis elle t'attrape par les cheveux et te dépose plus loin. Parfois elle t'écrase les pieds, parfois elle te fait valser. Il faut entrer dans la vie comme on entre dans une danse. Ne pas arrêter le mouvement en pleurant sur soi, en accusant les autres, en buvant, en prenant des petites pilules pour amortir le choc. Valser, valser, valser. Franchir les épreuves qu'elle t'envoie pour te rendre plus forte, plus déterminée.»

«Silêncio»



SEM TI
E de súbito desaba o silêncio.
É um silêncio sem ti,
sem álamos,
...sem luas.

Só nas minhas mãos
ouço a música das tuas.

in "Poesia - Eugénio de Andrade"
Fundação Eugénio de Andrade, 2.ª edição, 2005

domingo, 9 de janeiro de 2011

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

"Fishy stuff"

Hoje, mais valia ter ido assim para o trabalho! Os engenheiros e arquitectos que construíram o novo bloco (ou bidãoville, entre dentes proferido) deviam experimentar o que eu senti: a sensação boa (ironia extrema) de ficar toda húmida (e não, não é no bom sentido!), roupa toda colada, mala encharcada, para além de andar para a frente e para trás, sistematicamente, com dossiês, pilhas de papel, chaves e tolerância/paciência zero. Mais uma amostra do país que temos: ideias brilhantes sem aplicabilidade e senso comum, nenhum!

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Só apetece uivar

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

A TODOS ..........

A todos os amigos  que me mandaram correntes que prometiam fortuna e dinheiro em 2010   aviso que: 
NÃO ESTÃO A FUNCIONAR!!! 
Por isso, para 2011, mandem o dinheiro directamente! 

Obrigada!

Joy and peace of mind

 



 


Lagoa - 01/01/2011

Started the almost New Year like this...


Please dont stop the music-D&Hphotography

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...