segunda-feira, 17 de maio de 2010

Tribo


Para quem gosta de poesia, aqui fica o apontamento de uma colega minha, cuja dedicatória é deliciosa:

À minha mãe, tias, primas, amigas, conhecidas
- numa palavra, a todas as mulheres,
Feiticeiras lutadoras,
No tempo passado e no tempo presente,
Que recusaram soçobrar no limite das suas forças.

E de ventres fecundos,
Entraram na floresta e popularam a tribo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...