quarta-feira, 8 de julho de 2009

Amores amorosos


Para mim as crianças são das melhores coisas que podem existir no mundo. As suas carinhas podem albergar uma nascente de sorrisos ou lágrimas, mas são sempre verdadeiros. Em dias como o de hoje, em que o trabalho «transbordou» e jorrava uma corrente sem fim, senti-me consumida pelo cansaço e desalento. Desloquei-me a um café e, quando estava a sair, encontrava-se uma mãe sentada na esplanada com a filha. Uma criatura minúscula, que da sua pequena estatura me dirigiu um sorriso rasgado de sinceridade e alegria. Parei deslumbrada. Imediatamente, lembrei-me dos dois tesouros que tenho na minha vida e perpassaram-me imagens e lembranças dos seus sorrisos. Senti-me a rejuvenescer, tal como as minhas forças e o meu alento. Eles são os meus dois amores e por eles continuo a lutar. Lamento que um deles esteja a sofrer, pois ainda existem pais que preterem o seu amor por razões egoístas. Mesmo não sendo a sua mãe, cá estarei para todo o sempre para o apoiar e acarinhar. As crianças não merecem que os adultos sejam idiotas ou negligentes, porque são elas que dão cor à vida. E não fomos nós, outrora, crianças também?!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...